• Carlos MSilva

"Amputar ou Não Amputar a PERNA"?

Atualizado: 26 de Nov de 2019

Coach!

Este vídeo foi como uma resposta a um problema que surgiu quando discuti com a minha mulher no outro dia:


Ela estava a ver a anatomia de Grey e havia uma bailarina que precisava de ser amputada a perna devido a um problema no osso (não sei qual era especificamente).


No qual a discussão era entre:

devia ou não fazer a amputação da perna sendo ela bailarina.


Ela defendia que devia fazer tratamento para não ficar sem perna,

Eu defendia que devia amputar a perna e colocar uma prótese continuando a ser bailarina, às vezes até com mais visibilidade, ou não dependendo do mindset que ele assumiria.



Esta discussão não deixará nunca de ser superficial, porque tudo depende da mentalidade que ela quiser ter, porque ficar sem perna iria mexer na identidade do atleta, o que poderia levá-lo a uma depressão.


Da mesma forma que os tratamentos com químicos poderiam lesionar outros órgãos ou prejudicar outras partes do corpo.



Até que vi este vídeo e decidi partilhar essa discussão, algumas ideias que tive:


Quanto mais novos, penso que mais capacidade temos de encontrar soluções, sendo também importante a forma como os pais lidam com esse problema que aparece, e como o atleta desenvolve a sua capacidade de lidar com a sua imagem pessoal e auto-confiança.


A verdade é que nós como treinadores, deveríamos também ajudar o atleta a lidar com esta situação.

E quantos de nós sabe como lidar com isto?


Saberia aconselhar utilizando "técnicas de empatia" para ajudar o atleta a decidir por si, mas sabendo que tem pessoas que se preocupam.


Como treinadores temos de lidar com estas situações difíceis, por isso devemos pelo menos preocuparmos-nos em crescer e evoluir, aprendendo mais sobre comportamento humano, influência de comportamentos, entre muitas outras áreas...


E fiquei muito contente de ver actividades desportivas com novas possibilidades.

Forte abraço,


#treinadorpro

#desportoinclusivo

#performancedotreinador

---