• Carlos MSilva

Como usar a substituição para não perder no jogo?

Atualizado: 26 de Nov de 2019

Coach!

Hoje o tema que te vou apresentar é sobre os SUPLENTES e como eles podem fazer a diferença no jogo. E ainda vou partilhar contigo uma situação de treino prática:



Quantas e quantas vezes nós como treinadores fazemos substituições durante uma competição mas elas não funcionam?

E porque é que para elas funcionarem, tendencialmente está mais ligado com a capacidade do atleta que entra do que a "mão" do treinador?

E como fazem os treinadores de sucesso que fazem uma substituição e a equipa consegue dar a resposta certa?

Faz-me lembrar de quando um atleta entra e faz o movimento que depois vai dar assistência para se fazer um golo,

Ou quando esse mesmo atleta faz o golo e se ganha um jogo...



Aquilo a que me venho a aperceber é que nós como treinadores não temos o hábito de treinar os acontecimentos do jogo, temos sim uma preferência por treinar aquilo que achamos que deve ser o comportamento técnico-tático segundo um modelo de jogo ou segundo as ações que acontecem no jogo, mas não temos a tendência de treinar os acontecimentos do jogo.


Deixa-me ser mais claro:


Quantas vezes se treina a substituição do guarda-redes titular com o suplente?

É um acontecimento do jogo.


Mas os nossos objetivos normalmente estão virados para onde?

Por exemplo para o treino técnico-tático e a ligação dos princípios entre os centrais e o guarda-redes.


Mas quando não incluímos o treino da substitução do guarda-redes suplente com o titular, será que não estamos a treinar esses princípios em vão?

Será que se o guarda-redes acordar mal disposto, ou tiver uma diarreia durante a noite vamos ter uma equipa capaz de implementar a estratégia que treinámos na saída de bola?

E quem diz o guarda-redes, diz outra posição qualquer...

Quantas vezes treinamos o fator emocional de uma entrada em campo, quando estamos a perder?


E nós treinadores sabemos a importância do estado emocional do atleta que entra em campo.


Muitas vezes ele entra nervoso, entra já em stress quando a equipa precisa de calma,

Ou entra num estado tranquilo quando a equipa está stressada para dar a volta,

Ou a equipa está desanimada por estar a perder 2-0 e ele entra cheio de tesão que depois não serve em nada....


Talvez por isso muitos de nós, que não treinam estes pormenores no treino, usem a estratégia do grito com esse atleta depois de entrar, ou a estratégia manipuladora de dizer depois de um jogo, que se deu uma oportunidade ao atleta que entrou e ele não provou nada.


Mas o que podemos fazer nós treinadores sobre isto?

Como podemos nós treinadores ter mais controlo sobre as substituições a fim de ganhar?

O que pode um treinador fazer durante a semana para potenciar uma substituição que antecipa acontecer?


Existem várias possibilidades que partilho através da Periodização Situacional e Transformacional (designada por PST), um bónus do curso Profissão Treinador que facilito a treinadores que querem ganhar mais vezes, e vou dar-te uma solução simples para o futebol aqui que podes experimentar, e se fores de outra modalidade, podes adaptar para o teu contexto:


Solução SIMPLES:

  1. Quando fizeres um treino com um exercício GR+8x8+GR com as condicionantes táticas que quiseres incluir, vais expulsar o GR de uma das equipas.

  2. Esse guarda-redes pode ser o que normalmente é NÃO TITULAR.

  3. Essa equipa terá que arranjar uma forma de reagir à EXPULSÃO, orientando-se na escolha de qual o ATLETA que assumirá ir à baliza.

(esta condicionante é uma condicionante situacional da PST e é baseada no acontecimento-situação em que já fizeste 3 substituições e não podes substituir o GR).

Solução EXTRA (bónus do post de hoje) + Aumentando a Complexidade Situacional (principio da PST):

  1. O GR NÃO TITULAR que saiu, após 3 minutos, faz substituição com o GR TITULAR que estava na outra equipa (8+GR).

  2. Colocando a condicionante emocional que cada golo que sofrer valerá por x3 (para o adversário que está em inferioridade numérica pela expulsão anterior (GR+7).

Na 1ª Solução Simples, estamos a treinar a capacidade de adaptação da equipa a um acontecimento negativo no jogo, representando a expulsão do GR.


Na 2ª Solução Extra, estamos a treinar a capacidade de resposta da equipa com uma substituição de GR, provocando as emoções que os centrais (ou que a equipa) sentem quando entra o GR SUPLENTE.


Existem variadas situações na PST (Periodização Situacional e Transformacional) que provocam um treino direccionado para a parte menos racional que foi instalada com a excessiva periodização tática, realizando uma adaptação na metodologia e integrando as questões emociono-mentais ligadas aos princípios de treino.


Estas foram duas situações de fácil entendimento da operacionalização desta metodologia.


Existem inúmeras que nós como treinadores temos de saber fazer em relação à mudança e às substituições se quisermos influenciar o jogo à procura de resultados, de vitórias,

fugindo à falta de controlo sobre as substituições e evitando o excesso de responsabilidade nos atletas que entram.


Espero que ao aplicar, possas ter vontade de aprender mais e melhor sobre a implementação de novas ideias na tua forma de jogar, num caminho de crescimento contínuo.


Boas experiências.

Um Abraço, Carlos MSilva


P.S. - Sobre as Convições, sobre a Metodologia de Treino e sobre a Periodização Psicológica

As convições influenciam em muito a nossa metodologia de treino, e é por isso que tenho vindo a desenvolver uma metodologia de treino baseada nas convições por detrás do modelo de treino/ jogo e que potencia a periodização tática. A esta periodização integrada com a tática-estratégica, deu-se o nome de PERIODIZAÇÃO SITUACIONAL E TRANSFORMACIONAL e é um UPGRADE à periodização tática, tal como esta foi um upgrade da periodização integrada e esta um upgrade à periodização centrada no físico. Por isso, esta PERIODIZAÇÃO SITUACIONAL E TRANSFORMACIONAL é um modelo avançado de treino que poderás integrar com as tuas ideias de jogo.


Poderás saber mais na MasterClass Online e Gratuita

Basta para isso, te inscreveres para a próxima aula gratuita através do link: https://www.treinadorpro.com/post/masterclass-7seguidas


Ou recebe a informação sempre que sair uma nova actualização de um novo texto/ artigo:

https://www.treinadorpro.com/inscricao-no-blog

 ​© 2007-2020 by Carlos MSilva | 10 Anos de Treino | Formações | Coaching | Experiência Prática. All rights reserved.

ccmset@gmail.com | http://treinadorpro.com | Estoril-Lisboa | Portugal