• Carlos MSilva

Eu sei o que quero e isso distingue-me!

Atualizado: 26 de Nov de 2019

Grande!

Hoje quero partilhar contigo o que acho que o Mourinho me responderia se lhe perguntasse:


"O que te distingue dos outros que não têm sucesso?"


Quando notamos as grandes diferenças de quem faz ou realiza algo e os que não conseguem, é a clareza com que se faz o que se tem para fazer.


Ser bem claro, ajuda.



Mas se quisermos ainda chegar a outro nível... diria que o fato de desejar algo que seja impactante cria um género de mensagem.


Por vezes, essa mensagem pode surgir como arrogante. Mas o que é arrogante para uns é normal para outros e isso cabe sempre à pessoa que faz o julgamento dizer o que a mensagem lhe pode parecer a si, e não o que o outro está a ser.


Também já me apercebi que se o outro está a ser arrogante para alguém, muitas vezes, essa arrogância percebida, nada mais é, do que a parte humilde de quem faz a critica a se manifestar por não ter coragem de fazer a mesma coisa ou de se fazer valorizar.


E essa seria que a mensagem escondida por detrás do bloqueio que alguém tem quando vê alguém a fazer um discurso e simplesmente diz que essa pessoa é arrogante. Não o é. Apenas e talvez seja a falta de coragem e medo do futuro, de assumir-se na sua própria vida, que faz essa pessoa fazer uma crítica a quem está a ter um discurso confiante.


Mas Carlos, o que tem a ver a clareza com que se fala, a arrogância e a coragem a ver com este post sobre o LEGADO?

É simples, mas não fácil de explicar.


O LEGADO é a capacidade de ter a certeza de deixar alguma coisa neste mundo.

Quer seja uma marca, uma obra-prima, uma mensagem ou qualquer outra coisa.

E não tem de significar que é só para quando batemos as botas.

Podemos estar vivos e fazer esse legado para outras pessoas.


Eu diria que o legado que o Mourinho já deixou ao treinador português e a Portugal foi visibilidade. Também deixou de forma mais específica, a ideia de que existe uma metodologia que poderia ser mais avançada e mais específica em qualquer modalidade, se sairmos da teoria das qualidades físicas e nos mergulharmos na motricidade humana.


Mas Carlos não foi o Mourinho que fez a motricidade humana ou que a desenhou. Pois. É verdade. Alguém a partilhou com ideias. Mas o verdadeiro LEGADO na sensação neuro-fisiológica é quando tu medes resultados na prática do que tu fazes.


E LEGADO é o último patamar a que um empreendedor pode chegar.

É quando tu paras e olhas e te perguntas:

O que eu já deixei para o mundo?


E essa resposta pode ser para o teu mundo, para o mundo das pessoas que estão à tua volta, ou para (num nível superior) para as pessoas a quem tu não conheces mas que podem evoluir porque tu já mudaste alguma coisa.


Ás vezes é apenas a mudança de uma convicção que se corrompe porque tu conseguiste um determinado resultado que ninguém achava que era possível. No ano em que Portugal atinge o Campeonato da Europa em futebol, as outras modalidades atingiram também outros grandes troféus. E talvez já atingissem, ou não.


A quebra de uma mentalidade de que podemos ganhar e que Portugal é grande, ou de que podemos mostrar mais os troféus que Portugal ganha em qualquer modalidade nas redes sociais e nos midia.

E para ti.

Qual será o teu LEGADO como Treinador?


Esta é a pergunta de hoje. Para que possas pensá-la e trabalhá-la...


--

Workshop TreinadorPRO - "Viver de Treino"

Gratuito e 100% Online - Inscreve-te.

#profissaotreinador