• Carlos MSilva

Periodização do Treino: Mental e Tático-Estratégica

Coach, neste post vou mostrar um primeiro entendimento da Periodização Situacional do Treino, a periodização do treino que facilita ao treinador princípios de treino comportamental para potenciar as suas táticas e estratégias de acordo com as questões mentais da equipa, necessárias na situação do próximo jogo.



Muitas vezes tenho confrontado treinadores com aquilo que tenho visto nos seus treinos:

um microciclo padrão que regula o treino como prioridade pelos princípios fisiológicos, outros por princípios tático-fisiológicos.


E isso acontece porque é a forma como um treinador se sente mais confortável...


de que o seu trabalho vai preparar as cargas ajustadas para a próxima competição.


Mas na próxima competição, uma atleta pode estar apto fisicamente, mas esmorecer após sofrer um golo.

Um atleta pode estar distraído momentaneamente, e toda

  • a força,

  • velocidade e

  • resistência

específicas que o seu corpo tem para dar a volta ao resultado, não são activadas porque ele não acredita que valha a pena esse esforço.


Todos sabemos a importância dos factores psicológicos no treino, mas poucos têm uma metodologia ou uma periodização que os direccione a preparar a equipa nesse sentido.

  • Uns acham que esse factores são ajustados fora do treino pelo psicólogo e

  • ainda outros acham que o fazem intuitivamente, e que isso é um processo que "surge"...


Há uns anos, quando ainda se aplicavam teorias do treino mais ligadas à periodização física clássica (matveev), os treinadores também achavam que as tácticas e as técnicas "surgiam" pelo processo.


Depois surgiu a periodização integrada e a tática, que veio sistematizar esses comportamentos técnicos e táticos que "antigamente" pensavam que surgiam...


Hoje, os que ainda pensam que os fatores mentais "surgem" ao treinar a táctica, estão possivelmente a sofrer as consequências nos resultados das suas equipa, e a maioria deles, tem um comportamento comum...


...culpar os seus atletas pela falta de compromisso, motivação ou confiança.


O treinador fica assim refém do seu "achismo" e incompetência sobre as competências mentais dentro do campo e dentro dos exercícios que faz, para preparar equipas "tático-fisicamente".


E acha que não pode fazer nada em relação a estes factores...


Foi por isso, que (à uns bons anos atrás, desde 2009, cerca de 10 anos, após viajar para a Alemanha e Holanda), comecei a sistematizar ideias e princípios de treino comportamental que facilitassem ao treinadores com quem trabalho, a capacidade de influenciar em treino, nos exercícios e nas suas próprias palestras, formas para tornar os seus atletas prontos multi-disciplinarmente para o próximo jogo.


Aliando isto ao conhecimento táctico e ao poder de relacionamento do TREINADOR PORTUGUÊS... imagine a explosão!


Para isso desenvolvi uma metodologia de treino, que ajuda o treinador a montar a sua própria metodologia comportamental aliada à tático-estratégica.



Periodização Situacional

Isto é, não é uma metodologia que diz o que tens de fazer, mas antes, mostra-te como deves entender a estrutura do teu treino para tu mesmo aplicares os teus conceitos, criando a tua própria metodologia de treino com as ferramentas ajustadas a cada momento da tua equipa.


Um microciclo padrão, não pode responder aos problemas de diferentes fases emocionais que as equipas passam ao longo da época.


É preciso ajustar um padrão para uma situação... e de acordo com a situação, periodizar.


Eu trabalho-a individualmente com os treinadores que recebem coaching e mentoria comigo.


Numa formação de 32 horas sobre Liderança para o Modelo de Jogo, em Lisboa, onde formei uma Turma de 22 alunos, partilhei a existência dessa metodologia de treino, da qual origina um plano de treino multidimensional eficaz.


E deixo agora uma pequena explicação sobre isso.



Espero que possas levar novas ideias...

Inscreve-te para receber mais informações que partilho todas as semanas por email.


Um abraço e boas aprendizagens.

Carlos MSilva